MARCAS
VEJA TODAS AS MARCAS
Você está em: Portal > Alô Bebê Blog

Assunto: Criança

A páscoa está chegando: saiba como controlar o consumo de chocolate da família

11/04/2017 - Texto por Carolina Peres

Páscoa em família

Uma época doce e repleta de memórias afetivas. É assim que deve ser a Páscoa para o seu pequeno. Apesar de ser um feriado delicioso, também é uma ocasião em que as crianças (e até mesmo os adultos) cuidam menos da alimentação extrapolam no consumo de chocolates, o que pode causar uma série de problemas de saúde.

A Páscoa das crianças é sempre repleta dos tradicionais ovos de Páscoa, e os fabricantes fazem de tudo para que o seu pequeno deseje ganhar esse item ao lançar novos sabores e colocar brinquedos sazonais e colecionáveis dentro dos chocolates. Entretanto, quando os pequenos exageram no chocolate, eles podem apresentar enxaquecas, irritações no estômago e na mucosa intestinal e intoxicação alimentar.

Além disso tudo, os doces para crianças provocam o aumento de peso e elevam o risco de desenvolver obesidade infantil, colesterol e triglicerídeos. Para se ter uma ideia, um ovo de Páscoa tamanho 15, que possui entre 200 e 250 gramas, representa mais da metade da ingestão diária recomendada para os pequenos de seis a sete anos de idade, que é de 1.500 calorias!

Muitas vezes, a criança acaba tão entretida com as surpresas que recheiam o ovo que esquecem totalmente do chocolate. Os papais, então, ficam com a missão de dar cabo de todos os ovos que os filhos ganharam, e também comem muito mais do que deveriam, correndo os mesmos perigos que os pequenos.

Para que a Páscoa na sua casa seja diferente neste ano, sem os típicos excessos, faça algumas mudanças. Você ainda vai garantir os doces para crianças, mas também muito mais saúde e qualidade de vida para toda a família. Veja as dicas que a Alô Bebê preparou para você e sua família:

EVITE A PUBLICIDADE INFANTIL

As propagandas durante os desenhos da televisão, no canal de vídeo favorito da criança e no próprio mercado estimulam o desejo do seu filho pelos ovos, e o principal atrativo é a surpresa que vem dentro do chocolate. Por isso, nessa época, evite expor o seu filho a esse tipo de situação: mude de canal durante os intervalos, disponibilize programas que não fazem apelo à propaganda infantil e tente deixar a criança em casa quando for ao mercado.

NÃO DÊ TANTA IMPORTÂNCIA AO DOCE

A Páscoa possui uma série de símbolos muito mais interessantes que o chocolate, e você deve valorizá-los durante o período para mudar o foco do pequeno. O coelho e a cenoura são os que mais têm apelo infantil, então, aproveite para apresentar o bichinho para o seu filho, para falar sobre a importância de preservar a natureza, para dar dicas de alimentação saudável e outros aprendizados. Tente desvincular o significado da data dos chocolates: se a família possui alguma tradição ou segue alguma religião, procure compartilhar um pouco dessa história com a criança.

FAÇA SUBSTITUIÇÕES

Você pode combinar com o seu filho de substituir os ovos de chocolate por um outro pedido para o coelhinho. Vale um brinquedo novo, um livro, um passeio por aquele lugar que ele sempre quis ir ou, dependendo da idade da criança, o coelho da Páscoa pode dar um dinheiro extra para complementar a mesada. Peça para que os amigos e familiares que sempre dão os chocolates para a criança entrarem na brincadeira e, mesmo que o pequeno receba alguns ovos de Páscoa, será em quantidade reduzida.

DÊ QUANTIDADES PEQUENAS

Até os três anos de vida, as crianças estão proibidas de comer chocolate. Como o alimento tem muito açúcar, elas com certeza adorarão, mas ainda não possuem maturidade para entender que não podem exagerar na quantidade. Para as mais velhas, prefira você mesma entregar o equivalente a dois quadradinhos de chocolate até três vezes por semana. Para que elas não decidam começar a comer escondido, abra o ovo com o pequeno e, após entregar o brinde, guarde o chocolate.

APRESENTE O CHOCOLATE AMARGO

Embora o paladar infantil seja fã dos gostos mais doces, apresente para o seu filho o chocolate meio amargo, amargo ou com alta porcentagem de cacau em substituição ao chocolate ao leite. Essas opções são bem menos calóricas e podem trazer benefícios para a saúde e o bem-estar das crianças e dos adultos. O chocolate branco está proibido pois, por não conter cacau em sua composição, ele não traz benefícios e possui muito mais calorias.

CAPRICHE NAS DEMAIS REFEIÇÕES

Como o pequeno provavelmente irá ingerir muito chocolate durante a Páscoa, prepare refeições saudáveis para comemorar os feriados. Uma boa opção é o bacalhau, um alimento típico do período e rico em ômega 3, ferro, fósforo e vitaminas essenciais. Troque o arroz comum pelo integral, o molho branco pelo vermelho e a sobremesa de chocolate por uma bela salada de frutas. Assim que o feriado acabar, retome à dieta habitual e equilibrada com a qual a criança está acostumada.

PRATIQUE EXERCÍCIOS

Para queimar tantas calorias, só mesmo praticando muita atividade física! Estimule o seu pequeno a realizar exercícios: esconda os ovos de Páscoa no jardim de casa e proponha uma caça ao tesouro, façam uma competição para ver quem dá o pulo de coelho mais alto ou simplesmente vão caminhando até a casa do familiar que vai sediar o evento. Entretanto, não deixe que esse hábito saudável aconteça apenas no dia a dia: o pequeno deve se exercitar regularmente para evitar o sedentarismo.

Publicação:
Blog 

Veja Também

Blog Infantil Alô Bebê


As mamães e futuras mamães sempre buscam informações sobre tudo que envolve bebês. Sempre há uma dúvida, uma curiosidade sobre amamentação, gravidez, alimentação dos filhos, o exoval de bebê e o chá de bebê, qual brinquedo escolher etc, etc. São muitos os assuntos.
A Alô Bebê, a maior rede de lojas de bebê do Brasil, agora tem o Blog Infantil da Alô Bebê, um espaço para tratarmos dos temas que as mamães, as grávidas e as futuras grávidas se interessam e também sempre traremos novidades sobre as nossas 26 lojas de bebê e também a loja online. Sejam bem vindos e esperamos que gostem do nosso blog.

Mais Acessadas