MARCAS
VEJA TODAS AS MARCAS
Você está em: Portal > Alô Bebê Blog

Assunto: Criança

Como encontrar a creche ideal para o seu filho

13/04/2017 - Texto por Carolina Peres

Creche ideal

Nem todas as mamães precisam, mas muitas têm que deixar os seus pequenos na escola muito antes dos quatro anos, idade obrigatória para as crianças iniciarem em uma instituição de ensino. Seja por motivos de trabalho, de saúde ou simplesmente para que o bebê possa se desenvolver ainda mais, a ida para a creche pode ser dolorosa se você não fizer a escolha certa.

Antes, a creche era frequentada pelas crianças em vulnerabilidade social ou que tinham mamães trabalhadoras. Agora, o papel de uma escola de bebês vai muito além: as creches iniciam o percurso educativo e estão totalmente integradas com os próximos anos letivos dos pequenos. Embora não seja obrigatória, bebês de três meses até quatro anos incompleto podem frequentá-las.

Colocar o bebê na escola é um momento muito marcante, pois significa a entrada do seu filho no mundo social e o desenvolvimento de sua autonomia. Por outro lado, representa a primeira separação entre mãe e filho, o que pode causar muita dor para ambos.

Você não deve se sentir culpada por matricular o seu bebê na creche. O sentimento negativo pode afetar a criança e dificultar ainda mais esse acontecimento. Lembre-se que você está fazendo um bem para o pequeno, pois você vai garantir o dinheiro da família, novos estímulos para seu crescimento, entre muitas outras vantagens.

Encontrar a creche ideal é um fator que vai ajudar (e muito!) a introduzir o seu filho em uma escola de bebês. Por isso, descubra como acertar nessa tarefa:

PROCURE COM ANTECEDÊNCIA

Desde a gestação você provavelmente estará pensando em uma alternativa para cuidar do seu bebê. Mesmo que ainda não tenha certeza se vai mesmo matriculá-lo em uma creche, comece a discutir o assunto com o seu parceiro, identificar as escolas de seu interesse e a conhecer as diferentes orientações pedagógicas. Você precisa tomar a decisão cerca de dois meses antes da separação para garantir que você terá tempo de analisar com calma as suas opções, pois isso aumentará a sua confiança no local escolhido.

PEÇA REFERÊNCIAS

Converse com familiares, amigos e grupos na internet para descobrir as referências de outros pais sobre as creches que os filhos frequentam, e aproveite para tirar todas as suas dúvidas. Pediatras e doulas também podem ser boas fontes de conselhos. Se alguma dica for do seu interesse, informe-se sobre o local. Receber referências de pessoas confiáveis deixará você muito mais segura sobre a decisão a ser tomada.

DISTÂNCIA

É muito importante considerar a distância da creche até a sua casa, seu trabalho ou a casa da vovó, por exemplo. O tempo de deslocamento fará a diferença, já que você precisará entregar e buscar a criança na hora e, em casos de emergência, terá que ir correndo até o local. Considere fatores como o trânsito e estacionamento se você usar o carro, e dias chuvosos caso vá a pé até a creche.

HORÁRIO

Defina se o pequeno ficará na escola período integral ou meio período. As mamães que precisam trabalhar geralmente escolhem a primeira opção, pois sabem que as crianças ficarão bem cuidadas por todo o dia; já as mães ou avós que têm tempo livre podem aproveitar para ficar com o bebê antes ou depois da creche. Além do turno, considere também o horário de entrada e saída para ter certeza que ele se adapta à sua rotina e confira se é permitido buscar o bebê um pouco mais cedo ou entrar um pouco mais tarde devido a uma consulta médica, por exemplo.

VISITAS

É obrigatório fazer visitas às creches nas quais você está interessada! Nessa ocasião, repare na infraestrutura (banheiros, playground, berçário, biblioteca e outras salas) e na segurança (escadas, vidros, portões e o que mais achar necessário) que os locais oferecem. Além disso, aproveite para conversar com coordenadores e educadores para compreender melhor a capacitação e a experiência dos profissionais, além de tirar dúvidas como quantidade de alunos, presença de auxiliares, horário das refeições e o que mais for preciso para facilitar a seleção.

ALIMENTAÇÃO

Informe-se sobre o tipo de alimentação que é servido na creche. Para os bebês que ainda mamam no peito, é essencial que a mãe possa deixar a mamadeira ou que tenha livre acesso para a amamentação. No caso de fórmulas, confira o que você deve fazer para o pequeno ser alimentado devidamente. Para as crianças que estão na fase de introdução alimentar ou que já comem sólidos, verifique se a escola fornece todas, uma parte ou nenhuma refeição, pois se você tiver que preparar, vai precisar de tempo. Além disso, confira a qualidade da alimentação e só confie nos locais que oferecem ao seu filho o mesmo que você ofereceria em sua casa.

ENVOLVIMENTO

As escolas devem possuir um canal aberto para o envolvimento da família. Muitos lugares possuem câmeras e disponibilizam as imagens em tempo real em um sistema privado para os pais, outras contam com agendas eletrônicas ou grupos de Whatsapp para manter os responsáveis bem informados, mas ainda há muitas creches que só se comunicam pessoalmente ou por meio da agenda. Independentemente da forma de comunicação, é importante que as creches deem oportunidades para que os pais possam estar presentes não apenas nas tradicionais festinhas, mas também em visitas esporádicas, em conversas com a coordenação ou com sugestões de melhorias.

Publicação:
Blog 

Veja Também

Blog Infantil Alô Bebê


As mamães e futuras mamães sempre buscam informações sobre tudo que envolve bebês. Sempre há uma dúvida, uma curiosidade sobre amamentação, gravidez, alimentação dos filhos, o exoval de bebê e o chá de bebê, qual brinquedo escolher etc, etc. São muitos os assuntos.
A Alô Bebê, a maior rede de lojas de bebê do Brasil, agora tem o Blog Infantil da Alô Bebê, um espaço para tratarmos dos temas que as mamães, as grávidas e as futuras grávidas se interessam e também sempre traremos novidades sobre as nossas 26 lojas de bebê e também a loja online. Sejam bem vindos e esperamos que gostem do nosso blog.

Mais Acessadas