MARCAS
VEJA TODAS AS MARCAS
Você está em: Portal > Alô Bebê Blog

Assunto: Educação e cultura

Dia das mulheres, mães, amigas, companheiras e mais

08/03/2017 - Texto por Carolina Peres

Dia das mulheres

Uma nova fase de conquista das mulheres está acontecendo. Reflexo de uma série de questionamentos da sociedade moderna, a vida do sexo feminino está mudando cada vez mais, e para melhor, e é isso o que deve ser comemorado hoje, oito de março, Dia Internacional da Mulher.

Depois de começarem a ter suas necessidades atendidas, como o direito à licença maternidade, à participação política e a ir e vir, sozinhas e quando desejarem, agora as 103,5 milhões de mulheres brasileiras se esforçam para serem reconhecidas como iguais. Elas também exigem ter seus desejos respeitados e seu gênero valorizado.

Se você é mãe, saiba de tudo o que está acontecendo no universo feminino e ensine os seus filhos a compreender e apoiar as discussões que envolvem as mulheres para que elas ajudem a fazer um mundo melhor. Confira:

Mãe

Mãe sem pressão

As mamães sempre estiveram à mercê de julgamentos sobre tudo: a demora para ter filhos, o tamanho da barriga, a quantidade de crianças, o tema da festa de aniversário e até mesmo por causa da escolha de não serem mães! Tudo o que elas pedem agora é a confiança em suas escolhas, pois são elas que sabem como querem vivenciar (ou não) a maternidade.

Duas discussões são muito importantes e estão em destaque: a participação dos pais na rotina da família e do lar e a amamentação em locais públicos. O primeiro é justificado devido à falta de responsabilidade dos homens sobre os filhos, que deveriam dividir os cuidados com as mamães ao invés de se esquivarem ou se envolverem parcialmente, sobrecarregando-as. Já o segundo tema está em alta pois elas têm denunciado locais como restaurantes, parques e pontos de ônibus onde são obrigadas a cobrir o peito durante o aleitamento ou então são encaradas por olhares maliciosos por uma atitude de amor aos pequenos.

Trabalhadora

Trabalhadoras de destaque

Elas estão chegando a cargos nunca antes imaginados para o sexo feminino, como CEOs de grandes empresas e até à presidência do país. Também estão sendo reconhecidas por suas soft skills, características relacionadas à personalidade, como mediação de conflitos e empatia, essenciais para o novo mercado de trabalho e por terem, em média, 1,5 anos de estudo a mais do que o sexo masculino.

Ainda assim, as trabalhadoras recebem 30% a menos do que os homens e não possuem cargos de liderança em mais da metade das empresas no Brasil, apesar de políticas destinadas ao crescimento econômico e à igualdade de gênero no país. Na política, os números são ainda mais desoladores: apenas 17% de todos os ministérios no mundo são chefiados por mulheres. Além disso, independentemente de sua posição, elas sofrem com preconceitos que vão desde a interrupção de sua fala até o assédio sexual.

Amiga

Amigas para tudo

A amizade entre mulheres é uma realidade sensível, motivada pelo incentivo à competição ao invés da solidariedade entre o sexo feminino. É por isso que a amizade entre elas exige mais tempo, mais diálogos e mais companhia.

No entanto, os desafios podem ser superados, pois existem relações verdadeiramente profundas e duradouras entre amigas. Elas se encorajam, se aliam e se abrem uma para a outra, formando laços que podem durar por toda a vida. Agora já não é mais preciso marcar presença fisicamente, pois os smartphones têm auxiliado a manter as experiências da amizade mais vivas do que nunca em qualquer momento.

Companheira

Companheiras de quem quiser

A vida amorosa das mulheres também tem se transformado. Elas não precisam mais de um homem para prover o lar, e sim para compartilhar a vida e, se não estiverem de acordo sobre a relação, podem se separar. Elas podem, inclusive, ficar sozinhas, manter um relacionamento com outra mulher ou ter quantos parceiros desejarem, embora essas escolhas, completamente normais, ainda sejam consideradas um escândalo pela sociedade.

Elas também se deparam com dificuldades muito graves quando o assunto é sexo. O primeiro é o assédio masculino, que pode incomodar, inconformar e constranger uma mulher. O outro é o estupro, que ocorre a cada 11 minutos no Brasil, e deixa feridas que nem sempre são reparadas. Lembre-se que o consentimento é necessário para qualquer tipo de início de contato sexual, caso contrário, é crime.

Mulher

Mulherão

Elas podem se interessar por qualquer coisa, de culinária a corrida de cavalos. Todo assunto é feminino, e elas podem falar com propriedade sobre o que quiserem, sem que suas escolhas sejam julgadas inferiores ou fúteis. Elas também podem se vestir como desejarem, desde que se sintam bem com o visual, pois isso não quer dizer que querem receber cantadas na rua ou comentários sobre o seu peso. Elas podem (e devem) cuidar da saúde e se proteger de doenças sexualmente transmissíveis sem serem taxadas de “loucas” ou promíscuas. Elas não precisam ser discriminadas devido a cor de sua pele, já que a pele negra é tão linda quanto a branca. Elas podem expandir seus horizontes e viajar sozinhas para conhecer todos os lugares do mundo, mas sem o perigo de serem violentadas.

A realidade e o futuro das mulheres continuam precisando de muito trabalho para serem como elas sonham. Reconhecer e se mobilizar para fazer com que tudo isso aconteça é o melhor presente que elas poderiam receber, desde que não seja apenas hoje, e sim todos os dias. Ajude a fazer do o mundo um local tão acolhedor quanto o abraço de uma mulher.

Publicação:
Blog 

Veja Também

Blog Infantil Alô Bebê


As mamães e futuras mamães sempre buscam informações sobre tudo que envolve bebês. Sempre há uma dúvida, uma curiosidade sobre amamentação, gravidez, alimentação dos filhos, o exoval de bebê e o chá de bebê, qual brinquedo escolher etc, etc. São muitos os assuntos.
A Alô Bebê, a maior rede de lojas de bebê do Brasil, agora tem o Blog Infantil da Alô Bebê, um espaço para tratarmos dos temas que as mamães, as grávidas e as futuras grávidas se interessam e também sempre traremos novidades sobre as nossas 26 lojas de bebê e também a loja online. Sejam bem vindos e esperamos que gostem do nosso blog.

Mais Acessadas