MARCAS
VEJA TODAS AS MARCAS
Você está em: Portal > Alô Bebê Blog

Assunto: Bebê

Por que os recém-nascidos trocam o dia pela noite e como resolver?

17/04/2017 - Texto por Carolina Peres

Sono do bebê

Durante a gestação, você possivelmente sentiu mais sono do que o comum e ouviu conselhos de mamães experientes para aproveitar esses últimos meses de noites tranquilas. Agora que o seu pequeno finalmente está em casa, você está podendo comprovar que o período noturno não está sendo nada fácil para a família, pois o bebê não para quieto.

Tente entender: o recém-nascido passou nove meses em um local onde o dia e a noite não eram muito bem delimitados, pois ele só era capaz de perceber as variações de intensidade de luz, movimentos e sons. Agora que ele está vivenciando novas experiências, é natural que leve um tempo para que ele possa se acostumar.

É apenas aos dois anos que a distinção entre dia e noite é formada. Entretanto, aos dois meses de idade, o relógio biológico do bebê já é capaz de se adequar à rotina de permanecer acordado por mais tempo enquanto ainda é dia, pois segue o comportamento da mamãe durante a gravidez.

Nessa fase, o bebê começa a responder aos estímulos do ambiente: brincadeiras, conversas, banhos, trocas de fralda e passeios são estímulos mais frequentes durante o dia. À noite, eles diminuem, o que permite que a criança possa dormir por mais tempo e acorde apenas por necessidade.

Além disso, desde cedo, o bebê já pode manifestar algumas preferências de sua personalidade. Bebês matutinos ou vespertinos gostam de movimento e se sentem abandonados ao anoitecer, enquanto que os notívagos ficam mais confortáveis com o silêncio da noite. A tendência é que essas características se mantenham por toda a vida dos seus filhos.

Entretanto, o sono do bebê é muito importante. Ele impacta na saúde, nas funções corporais, no aprendizado e no desenvolvimento do seu filho. Por isso, saiba como fazer o bebê dormir para que toda a família também tenha um merecido descanso. Veja as dicas da Alô Bebê:

ROTINA NOTURNA

Estabelecer uma rotina é essencial para a vida das crianças, mas lembre-se que, durante a noite, os rituais são ainda mais importantes, pois vão ajudar o recém-nascido a diferenciar o dia da noite. Por isso, dias após o nascimento, estabeleça um ritmo noturno: reduza os barulhos do ambiente, dê banho sempre no mesmo horário, faça uma massagem na sequência, apague as luzes, dê de mamar e cante uma canção de ninar ou conte uma história ao pé do ouvido do seu filho.

VÁ PARA A CAMA CEDO

Quando escurece, o organismo libera melatonina, conhecido como o hormônio do crescimento, e o seu pequeno poderá se beneficiar se for para o berço cedo. A recomendação é que o período noturno de sono do seu filho comece por volta de oito horas da noite e dure o máximo possível até o sol começar a nascer, por volta de seis horas da manhã.

Amamentação

NÃO ACORDE PARA AMAMENTAR

Se o pequeno estiver com o tamanho e peso adequados para sua faixa etária, provavelmente o pediatra vai recomendar que você não atrapalhe o sono do bebê para amamentá-lo durante a noite. Espere que o seu filho desperte espontaneamente se estiver com fome para oferecer o peito. Se tudo estiver bem com a criança, ela naturalmente vai acordar a cada três ou quatro horas e chorar para poder mamar.

NÃO VÁ IMEDIATAMENTE PARA O QUARTO DO BEBÊ

Ao contrário dos adultos, cada fase de sono do bebê dura em torno de 50 minutos. Após esse período, é normal que ele dê uma leve despertada antes de passar para a próxima fase, podendo ou não chorar. Se você interromper o processo nesse momento entrando no quarto da criança, ela terá um estímulo para permanecer acordada e seu ciclo de sono será interrompido, acabando com uma noite de qualidade. Além disso, você terá que ficar acordada para tentar colocar o bebê para dormir outra vez, tarefa que não será nada fácil.

MASCOTE DE TECIDO

Se o seu pequeno sente medo do escuro ou de ficar sozinho no quarto à noite, nada de levá-lo para a sua cama! Estipule o chamado “objeto transacional”, que pode ser uma manta, um bichinho de pelúcia seguro para crianças pequenas ou até mesmo a chupeta, que tem função de proteger, dar segurança e pacificar o recém-nascido. Aos poucos, esse objeto faz a transição entre o mundo e a mente do pequeno, sendo muito importante para o seu desenvolvimento emocional.

Problemas no sono do bebê

PROBLEMAS NO SONO DO BEBÊ

Distúrbios de sono são extremamente raros em recém-nascidos. Existem dois problemas mais comuns que atinge essas crianças: a parasoníase e a insônia. No primeiro caso, a criança tem o sono agitado e desperta confusa e assustada durante a madrugada, acontecimento esporádico que dura em torno de 15 minutos. Já a insônia é a dificuldade de começar a dormir ou manter o sono e acontece quando o pequeno não aprendeu a dormir ou não se acostumou com a rotina da família.

Em ambos os casos, a recomendação dos especialistas é interferir o mínimo possível. Evite tirar o bebê do berço, conversar ou dar o peito se ele não estiver com fome, pois o pequeno passará a entender que ao acordar durante a noite, a mamãe irá correndo confortá-lo e isso se tornará um hábito. De preferência, apenas recoloque a criança na posição adequada e monitore os movimentos para garantir que ela está segura até adormecer outra vez.

Alguns problemas respiratórios também podem alterar a qualidade do sono do seu filho, como a adenoide e a apneia, que fazem o pequeno respirar pela boca, dificultando a passagem do ar. Gripes, resfriados, pneumonias e outras doenças que a criança esteja enfrentando no momento também pode influenciar e, por essa razão, devem ser tratadas rapidamente por um especialista.

Publicação:
Blog 

Veja Também

Blog Infantil Alô Bebê


As mamães e futuras mamães sempre buscam informações sobre tudo que envolve bebês. Sempre há uma dúvida, uma curiosidade sobre amamentação, gravidez, alimentação dos filhos, o exoval de bebê e o chá de bebê, qual brinquedo escolher etc, etc. São muitos os assuntos.
A Alô Bebê, a maior rede de lojas de bebê do Brasil, agora tem o Blog Infantil da Alô Bebê, um espaço para tratarmos dos temas que as mamães, as grávidas e as futuras grávidas se interessam e também sempre traremos novidades sobre as nossas 26 lojas de bebê e também a loja online. Sejam bem vindos e esperamos que gostem do nosso blog.

Mais Acessadas