10 produtos que não podem faltar na bolsa do bebê

gravida arrumando a mala

É muito prazeroso escolher as roupinhas, objetos e utensílios que vão acompanhar seu bebê desde o nascimento e aproveitar as compras para adquirir outros mimos também. Mas é só chegar à loja para ficar confusa: são tantas opções que é difícil saber por onde começar e o que realmente será útil, no meio de tantos macacões e brinquedinhos fofos.

Para garantir que não faltará nada nos primeiros dias do bebê, é muito importante ter uma bolsa de bebê, onde os itens mais importantes podem ser guardados e levados com vocês para onde forem.

No caso das roupas de bebê, é importante destacar: por menores que pareçam, elas provavelmente ficarão sobrando nos primeiros dias e então deixarão de servir depois de um mês ou dois. Bebês desenvolvem-se em uma velocidade surpreendente, então não é raro que algumas peças de roupas sejam usadas uma única vez. Antes de entupir seu armário com sapatinhos, é bom saber o que é realmente necessário para não gastar à toa.

Outra consideração a fazer é o clima na época e lugar onde o bebê vai nascer e passar seus primeiros meses. Se houver frio ou muita chuva (e, portanto, for difícil de secar a roupa), seu enxoval terá que ser mais completo para compensar o varal cheio.

Lembre-se de que o guarda-roupa do bebê deve priorizar o conforto, é por isso que os simples conjuntos de pagão são mais importantes do que vestidinhos de renda bordada. Dê preferência à roupas de tecidos macios e naturais, como o algodão, de poucas costuras, fáceis de lavar e com fechos de pressão ou velcro. Tecidos sintéticos, lã e zíperes em contato direto com a pele podem desencadear alergias.

E já que a lista não é pequena, vale reunir as amigas para um chá de bebê. Prepare um lanche e chame as pessoas queridas para celebrar a gravidez e reunir presentinhos úteis. Depois, não se esqueça de higienizar as roupas com sabão de coco ou detergentes e amaciantes próprios para bebês, para evitar alergias. Aproveite para eliminar fios soltos, etiquetas e bordados sem forro, que podem irritar a pele sensível do bebê ou causar coceiras.

Itens indispensáveis para a Bolsa de bebê

Você precisará de:

-6 macacões tamanho RN (recém-nascido) e, de preferência, com abotoação na frente para facilitar a troca de fraldas.

-6 bodies (que também podem ser substituídos por camisas do tipo pagão).

-6 calças com pé (também conhecidas como “mijão”).

-2 mantas se for verão. Para o inverno, 1 manta e 1 cobertor (prefira as de algodão).

-2 xales de linha ou lã (se o parto está marcado para uma estação quente, leve somente um).

-2 casaquinhos de lã (opte por um modelo que não haja a necessidade de passar pela cabeça do pequeno).

-3 Fraldas de tecido ou toalhinhas de boca (para serem usadas ao apoiar o bebê nos ombros).

-6 pares de meias (caso a temperatura esteja baixa).

-Luvinhas e touca (caso esteja frio)

-Lenços de limpeza (dê preferência para os hipoalergênicos, o da Mônica ou Pampers são ótimas pedidas)

Itens adicionais para higiene do bebê

Além dos principais itens, você pode precisar de alguns extras, para a higiene da criança. Normalmente os hospitais costumam fornecer os básicos, mas caso você seja do tipo prevenida, vale seguir esta listinha:

-Sabonete líquido da cabeça aos pés

-Cotonete (separe uma quantia naqueles saquinhos com zíper que podem ser encontrados nos supermercados, ou coloque em uma caixinha limpinha)

-Álcool 70%

-Pomada anti-assaduras

-1 pacote de fraldas recém-nascido

-Chupeta (opcional)

-1 saquinho plástico para roupa suja

-1 trocador

-2 cueiros

Preencha a sua bolsa de bebê com os itens indispensáveis e passeie tranquilamente com o seu pequeno, sabendo que nada lhe faltará! Além dos produtos para higiene, troca e cuidados com o seu bebê, lembre-se sempre da segurança do pequeno na hora do passeio de carro, escolhendo um bebê conforto para deixá-lo confortável e seguro dentro do seu automóvel!