7 acessórios para te ajudar a manter a higiene das mamadeiras do seu pequeno

mamadeiras

Condenada pelos especialistas, mas muito utilizadas pelas mães e pais após a criança deixar o peito ou até mesmo para substituí-lo, a mamadeira é um item indispensável na vida do seu filho, e, por estar em contato direto com a boca do pequeno, vai precisar estar sempre bem limpinha e higienizada para o uso.

A mamadeira está associada à deterioração dentária da criança, à problemas respiratórios, ao risco de engasgos, além da dependência psicológica e dificuldades de fala. No entanto, não dá para negar que ela é prática, rápida e eficiente, principalmente quando a mãe precisa voltar ao mercado de trabalho e quando a família precisa de descanso, e, por isso, é tão onipresente nas bolsas dos pequenos. Se usada com as devidas precauções, a mamadeira nem sempre se torna uma vilã, mas sim uma heroína para os pais.

O uso está liberado em caso de crianças que nasceram prematuras e ainda não desenvolveram o instinto da sucção, ou quando a mão falece, ingere medicamentos que possam trazer prejuízos ao bebê, é portadora de HIV ou usuária de drogas ilícitas, mesmo antes de 6 meses de idade. Após esse período, é aconselhável que a criança continue a mamar no peito e que a alimentação seja complementada com alimentos ricos em vitaminas e proteínas essenciais.

Como deixar a mamadeira limpa

A história de que as crianças vão se tornando imunes e adquirindo anticorpos é verdadeira, mas, para isso, ela não precisa ficar exposta a todos os tipos de risco, principalmente quando está se alimentando. É por isso que a mamãe, o papai e outros responsáveis pela alimentação do pequeno devem garantir que a mamadeira esteja bem limpinha e cheia de nutrientes em todas as vezes que forem oferecê-la.

A melhor forma de higienizar a mamadeira é com uma lavagem seguida de uma esterilização e essa tarefa pede a utilização de equipamentos adequados para o produto. O primeiro passo após retirar a mamadeira da embalagem ou após o uso é ferver por 20 minutos, cobrindo tudo com água e colocando no fogo ou no micro-ondas. Depois disso, é necessário usar uma escova com sabão neutro e água para remover os resíduos que podem existir no produto. O último passo é a esterilização, que vai eliminar os germes e as bactérias deste item, que vai à boca do seu bebê.

Além de proteger o seu filho, é possível facilitar esse cuidado, graças ao uso de ferramentas específicas para o processo. Conheça algumas delas:

Escova de mamadeira

Este acessório ajuda os pais a esfregarem o recipiente onde vai o leite e o bico, atingindo todos os cantos para eliminar qualquer resíduo anterior da mamadeira da criança. Prefira os modelos anatômicos, que se adaptam aos diversos tipos de copos de mamadeira.

Escova de bico ou de canudos

A escova de mamadeira geralmente é mais grossa e às vezes não dá conta de eliminar todos os resíduos que estão presentes no bico. Por isso, investir em uma escova específica, que é mais fina, pode ajudar a lavar essa parte do produto. A escova de canudo ainda vai ser útil quando a criança começar a usar copos com canudinhos.

Escorredor

O escorredor de mamadeira garante que o item não fique em contato com a pia ou a mesa enquanto seca, pois isso pode criar um ambiente propício para o desenvolvimento de fungos. A versão portátil do escorredor pode ser levado para todos os lugares, como a casa da avó e viagens, e mantê-lo limpo vai garantir que nenhum tipo de risco para a saúde atinja a boca da criança.

Pinça higiênica

Uma vez que o produto é fervido e esterilizado, ele pode atingir altas temperaturas. Com uma pinça, os pais podem retirar os aparatos sem queimar as mãos, que, ainda por cima, podem estar contaminadas, acabando com a limpeza da mamadeira.

Funil e coador

Na hora de colocar os líquidos na mamadeira, principalmente quando o bebê estiver grande o suficiente para ingerir sucos naturais e chás, é possível coar as pequenas partículas, como as folhas do chá ou os gomos da laranja, evitando não só que a criança se engasgue, mas também que os resíduos não se acumulem no recipiente.

Esterilizador para micro-ondas

De diversos tamanhos, eles podem esterilizar várias mamadeiras de uma vez só. Eles são os mais usados hoje em dia, pois, além de serem mais baratos que as versões elétricas, possuem a mesma eficiência para esterilizar a mamadeira e outros acessórios.

Saco esterilizador para micro-ondas

Para quem vai passar um tempo fora de casa e não tem muito espaço na bolsa, uma boa opção é apostar nos sacos para esterilização que são colocados no micro-ondas. Eles podem ser reutilizados, são rápidos e só precisam de um pouquinho de água para deixar a mamadeira segura para os pequenos.

Cuidado com a mamadeira

Na hora de escolher a mamadeira do seu filho, é preciso ficar atento para a composição dos materiais. Nas marcas mais baratas, é comum encontrar a presença da substancia bisfenol A, proibido nesse item desde 2011, que pode causar problemas neurológicos ao bebê. Por isso, procure por marcas conhecidas, mesmo que sejam um pouco mais caras, e leia na embalagem quais são os materiais que compõem o produto, pois só assim seu bebê ficará seguro.

Também é preciso escolher o bico de mamadeira mais indicado: os de látex (amarelados) são ideais para os pequenos com menos força de sucção, pois são mais molinhos; já os transparentes de silicone são recomendados para os pequenos que têm mais força ou para os mais velhos, que já dominam essa habilidade. Além disso, nada de aumentar o tamanho do furo para facilitar o fluxo, pois isso pode fazer a criança engasgar e você com certeza não quer oferecer esse perigo ao seu bebê, mas sim líquidos que ajudarão no desenvolvimento dele.