Aquecedores: essenciais para os dias frios

Quarto infantil

Com a chegada do frio intenso, as pessoas ficam mais propensas a contrair doenças respiratórias, como resfriados, gripes, sinusite, rinite e pneumonia. O grupo que está sob maior risco de contrair essas enfermidades são os idosos e as crianças.

A incidência de doenças respiratórias é maior nesta época do ano, pois nosso corpo reage de acordo com o clima, portanto, quando está frio o transporte de muco das vias aéreas inferiores para as superiores fica comprometido, fazendo com que as doenças respiratórias se proliferem facilmente.

Com um ambiente aquecido, sua família fica protegida por mais tempo...

Seja para a casa onde você mora ou para o seu recanto de temporadas e final de semana, o ideal é ficar quentinho! O clima aconchegante deve predominar em todos os momentos, já que ajuda a relaxar e aumenta a sensação de bem-estar e de paz interior. O clima quentinho também é muito acolhedor, unindo as pessoas.

Pensando nisso, muitas famílias passaram a procurar com frequência os famosos aquecedores, com o perfil perfeito para os mais diversificados ambientes que compõem uma casa.

Mas afinal, como escolher um aquecedor bom e adequado? A resposta depende do ambiente onde ele será colocado, do tamanho do espaço e outros fatores.

Responder corretamente essas perguntas pode te ajudar a selecionar o aquecedor ideal para tal época do ano. Vale levar em consideração a marca do equipamento, o modelo, as vantagens de cada aquecedor e, principalmente, a segurança que ele oferece ao seu ambiente, evitando acidentes com as crianças e outros inconvenientes preocupantes.

Pesquise bastante, pois o mercado oferece vários tipos de aquecedores, e a escolha nem sempre é fácil. Confira abaixo, algumas informações importantes sobre o aquecedor elétrico, cerâmico, a água, a óleo e aquele que funciona como um ar-condicionado para aquecer.

Tipos de aquecedores

Aquecedor Elétrico

O aquecedor elétrico é muito bom, recomendado para ambientes menores, como os pequenos e médios. Há o aquecedor elétrico de resistência incandescente, que trabalha com uma hélice de apoio; e os termoventiladores, que também possuem um sistema para aumentar a potência. Esses equipamentos aquecem o ambiente rapidamente, mas a grande desvantagem é que fazem um certo ruído, como o de um ventilador, e costumam gastar bastante energia.

Aquecedor a óleo

Este tipo de aquecedor é indicado para ambientes pequenos e médios, principalmente para banheiro e quarto. Nesses equipamentos, ocorre o aquecimento do óleo, que transfere seu calor para o ar, aquecendo o espaço. Quando comparado aos aquecedores elétricos, oferece economia média de 20%. Sua desvantagem é demorar um pouco mais para funcionar e aquecer o ambiente.

Aquecedor a água

O aquecedor a água é indicado para espaços grandes e que exigem um sistema de calefação eficiente. Isso significa que é um equipamento mais complexo, que utiliza gás, lenha ou outro componente para gerar o aquecimento. Ele possui um valor mais elevado quando comparado aos anteriores, porém é perfeito para espaços amplos, que recebem um número elevado de pessoas e que demandam um aquecimento mais potente.

Aquecedor Cerâmico

O aquecedor cerâmico é um equipamento ideal para banheiro e cozinha. A cerâmica tem a capacidade de sorver o calor e, por isso, retém o aquecimento. Esse modelo normalmente combina com a decoração, e pode ser instalado no teto e na parede. O aquecedor cerâmico não faz ruídos intensos, já que seu barulho se assemelha ao de um ar-condicionado em funcionamento.

Ar-condicionado

Este modelo de ar-condicionado, com sistema reverso (esfria/aquece), é indicado para ambientes grandes. Como o próprio nome deixa claro, além de resfriar o ambiente, ele também aquece o espaço. A grande vantagem é concentrar duas funções em apenas um aparelho.

Cuidados com o bebê no frio

Cuidados com o bebê nos dias frios

Infelizmente, manter a casa aquecida não é o bastante para evitar que os pequenos fiquem doentes. É muito importante não descuidar da saúde do seu bebê, evite deixá-lo exposto ao ar frio e em contato com pessoas que estejam resfriadas. Quando for levá-lo para passear, agasalhe-o bem e fique distante de ambientes com muita aglomeração, pois são propensos para a circulação das doenças respiratórias.

A pele das crianças deve receber uma atenção maior, pois como é muito sensível, resseca muito fácil. Use hidratantes hipoalergênicos e que sejam feitos especialmente para a pele do bebê.

Não prive seu filho de banhos só porque está frio. Procure banhá-lo na hora mais quente do dia, próximo ao almoço, com água não muito quente para não ressecar sua pele. Na hora de trocá-lo, procure fazer o mais rápido possível, cobrindo a parte de cima primeiro para proteger o tórax.

Na hora de dormir opte por pijamas de flanela que cubram os bracinhos. Se estiver muito frio, o aquecedor pode ser usado para elevar a temperatura do quarto. Se o tempo estiver muito seco, coloque um umidificador para facilitar a respiração do bebê.