Benefícios da amamentação para a mamãe

O aleitamento materno traz muitos benefícios ao bebê, favorece o vínculo mãe-filho, tem todos os nutrientes necessários que ele necessita e até o 6º mês de vida é tudo o que o bebê precisa para sobreviver, nem água é necessário! Mas a amamentação não é boa apenas para o bebê, a mamãe também é beneficiada.

Conheça algumas das vantagens que o aleitamento materno proporciona às mães:

1- A amamentação ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, reduzindo o risco de hemorragia. Quando a criança suga o peito da mãe ocorre um estímulo neurosensorial e a glândula pituitária (localizada no centro do cérebro) produz maior quantidade de um hormônio chamado ocitocina. Este hormônio ajuda o leite descer e ao mesmo tempo causa contração nas fibras da musculatura uterina. Desta forma, o ferimento causado pela retirada da placenta se fecha mais rapidamente e o útero volta mais rápido a seu tamanho normal.

2- O risco de câncer de mama é reduzido com a amamentação, isso porque as mamas são órgãos que só atingem a maturidade quando cumprem sua função que é amamentar.

3- A amamentação ajuda a retardar uma nova gravidez. Após o término da mamada a hipófise ou glândula pituitária produz e libera na corrente sanguínea um hormônio chamado prolactina, que inibe a ovulação. Mas tome cuidado, pois isso é valido apenas para mulheres que amamentam exclusivamente no peito.

4- O aleitamento materno torna convenientes as viagens e a mamadas noturnas. O leite materno é produzido pelo próprio organismo em intervalos regulares. Desta forma a mãe não precisa preocupar-se em levar material ou reservas para viagem.

5- A depressão pós-parto é reduzida. O mesmo hormônio prolactina faz a mãe sentir-se confortável e relaxada. O único cuidado que a mulher deve ter é ingerir pelo menos dois litros de água, além de outros líquidos de sua preferência. A boa hidratação ajuda na produção adequada de leite. Alimentar-se de forma balanceada, consumindo legumes, vegetais e frutas à vontade, mas sem exageros.