Compartilhar com
 

Cárie de mamadeira

A amamentação noturna pode favorecer o aparecimento da "cárie de mamadeira", assim chamada por atingir os bebês que mamam (não só na mamadeira, mas no peito também) e não recebem os cuidados necessários com a higiene dos seus dentinhos.

Como ocorre a cárie de mamadeira?

Para o aparecimento da cárie de mamadeira é preciso, entre outros fatores, a presença de bactérias (higiene deficiente) e alimento para estas bactérias.

No momento em que o bebê mama antes de dormir ou recebe o leitinho de madrugada, e logo após não tem a sua boquinha limpa, os resíduos que ficam permitem que as bactérias trabalhem por um longo período, molestando os dentinhos da criança. Pior ainda, quando a mamadeira é colocada ao lado da criança para que mame livremente de madrugada.

O risco para o aparecimento da cárie de mamadeira aumenta durante a noite, pois, quando dormimos, ocorrem algumas transformações dentro da nossa boca, que contribuem para a ação destes micro-organismos: o fluxo salivar e os movimentos musculares diminuem, e a temperatura do nosso corpo tende a aumentar.

Como prevenir a cárie de mamadeira?

É possível prevenir a cárie de mamadeira por meio da limpeza dos dentinhos após a mamada. Se o bebê adormece mamando, habitue-o a receber a higienização mesmo dormindo para prevenir a cárie de mamadeira. Se o bebê mama de madrugada, vá gradativamente removendo este hábito, já que se ele foi bem alimentado ao longo do dia, não sentirá fome durante a noite.

O odontopediatra é o profissional que poderá ajudá-lo nestas dúvidas para prevenir a cárie de mamadeira, bem como orientá-lo quanto aos cuidados com os dentinhos que estão nascendo e os recursos disponíveis atualmente, para motivar e instalar bons hábitos em seu filhinho.

Dra. Cintia Schames