Claudia Leitte: A mãe do ano

Claudinha, como é chamada carinhosamente por todos, começou sua carreira bem cedo. Claudia Leitte, carioca, de São Gonçalo, mudou-se com sua família para Salvador ainda menina, com três anos já dava os primeiros passos na carreira musical. Aos treze passou a cantar nas noites e carnavais soteropolitanos.

Durante esse período, pipocou literalmente de banda em banda, até conhecer em 2001 o grupo Babado Novo, que lhe abriu as portas para a fama. Dali por diante, a carreira de Claudia Leitte decolou e alcançou solos antes não imaginados. Sua voz forte, seu jeito simples de menina conquistaram o público, os fãs e, em 2008 deixou o grupo de axé decidindo seguir carreira solo, com sucessos como "Extravasa" e "Pássaros". Durante esse período cresceu profissionalmente, emagreceu, tornou se uma sex simbol, casou-se e deu à luz Davi, seu primeiro filho.

Importância tamanha, que em julho de 2008, a Câmara Municipal de Salvador, prestou-lhe uma homenagem. Na ocasião, Claudia Leitte recebeu o título de cidadã da capital baiana e em agradecimento disse que era o momento de retribuir tanto carinho, ela anunciava então a honra de ter um filho ou filha baiano. Claudia não escondeu o orgulho de se tornar a mais nova baiana e ter um filho na capital. Declaradamente louca por carnaval, fala do seu mais novo amor, o pequeno Davi, fruto do casamento com seu empresário e produtor Márcio Pedreira, e sobre a experiência de ser mãe, a folia de Salvador e de sua fé em Deus.

Alô Bebê: Sua gravidez foi muito comentada na mídia, você acredita que essa superexposição contribuiu ou prejudicou de alguma forma?

Claudia Leitte: Sou uma artista, minha vida é pública. Escolhi expor a minha gravidez porque queria mostrar a todos que nós mulheres somos guerreiras, batalhadoras, fortes e, que podemos muito mais do que pensamos. Mesmo grávida, trabalhamos e conseguimos fazer tudo o que queremos. Tenho força de vontade, determinação e fé em Deus para chegar aonde eu quiser. É lógico que sempre preservarei as minhas particularidades, agora, não vejo nada de mais em dividir com meus fãs a alegria de viver e o grande prazer de me tornar mãe.

Alô Bebê: Quando foi que você se deu conta que se tornaria mãe?

Claudia Leitte: Acho que desde o primeiro momento mudou tudo. Logo no primeiro ultrassom e no tombo que levei no Criança Esperança, quando estava no quarto mês de gestação, me fizeram sentir mãe. A primeira, uma experiência única, a segunda, apesar de ter sido péssima, meu instinto maternal reagiu, tomou providência imediata e foi incrível sentir isso, apesar de todo transtorno e da queda ter sido horrível, porque eu caí com toda tensão na lombar e nos quadris para proteger a minha barriga. Ali eu me certifiquei de que meu instinto maternal estava em alerta total.

Alô Bebê: Você declarou recentemente que pretende engravidar novamente, e não quer demorar muito. Por quê?

Claudia Leitte: É verdade, sim. Quero ter pelo menos mais dois filhos, mas pretendo esperar uns três anos para ter o próximo, acho que é um bom intervalo. Ser mãe é a coisa mais perfeita que pode existir no mundo.

Alô Bebê: A sua gravidez foi planejada?

Claudia Leitte: Eu queria engravidar no final do ano passado, mas, como tudo que acontece na minha vida tem as bênçãos de Deus, foi "Ele" quem decidiu, assim como me indicou o momento de assumir a carreira solo, de gravar meu primeiro DVD. Ele guia meus passos e estou muito feliz.

Alô Bebê: Como foi a expectativa para a tão sonhada chegada de Davi?

Claudia Leitte: Ah, é uma sensação indescritível. Por mais que tivesse esse desejo de ser mãe, por mais que escutasse que era a coisa mais maravilhosa do mundo, eu não poderia imaginar que seria desse jeito. Acho que só quem já viveu essa sensação sabe do que estou falando. Na hora do parto meu corpo tremia todo, e assim que ele nasceu veio para meu colo e mamou. Foi a sensação mais maravilhosa do mundo. Não tem nada melhor do que você ter um filho nos braços, a gente se sente grande, se sente forte, com poder de proteção.
 

Alô Bebê: Você declarou que não iria usufruir o período de licença maternidade. Como ficou a amamentação do pequeno Davi, se no carnaval ele estava com um mês de vida?

Claudia Leitte: Eu fiquei fora dos palcos um mês antes do parto e um mês depois. Retornei para o carnaval e não paro mais. Amamentar é fantástico e completa a relação mãe e filho. É fundamental para o bebê e vou amamentá-lo enquanto for possível. Eu farei isso. Davi é muito guloso e tem mamado em intervalos de 1h30. Por isso, para satisfazê-lo eu paro o que estiver fazendo ou o acordo nesses intervalos e curto muito o nosso momento. Ah, no carnaval ele não me acompanhou, era muito pequenininho para ir para avenida. Montei uma estrutura para que nada faltasse a ele. Comprei até uma uma bombinha para acondicionar leito materno fresquinho.

 

Alô Bebê: Você pensa em fazer cirurgia plástica? Algo em seu corpo mudou muito depois da maternidade? O quê?

Claudia Leitte: Há uns quatro anos fiz uma intervenção cirúrgica, que foi a única, quando coloquei próteses de 175 ml nos seios. Atualmente, não tenho vontade de mudar nada. Acho que a cirurgia plástica é um passo muito sério, que deve ser avaliado e realizado por médicos de extrema confiança. Quanto às mudanças no meu corpo, durante a gestação muita coisa ficou diferente, eu fiquei sem cintura, com um bumbum enorme. Agora já perdi os dez quilos que engordei na gestação, a barriga praticamente sumiu e apenas os seios ainda continuam fartos, para felicidade de Davi (risos). Acho que está bom como está. Aliás, até me questionam como fiquei tão sarada em tão pouco tempo. Segredos de uma mulher feliz e satisfeita.

Alô Bebê: Como você vai organizar sua agenda de shows? Pretende manter o mesmo ritmo de trabalho? E o Davi vai te acompanhar em outros momentos?

Claudia Leitte: Não pretendo reduzir a agenda de shows, não vejo essa necessidade. Davi vai me acompanhar em algumas viagens sim, em março foi comigo para São Paulo. Iniciei a turnê do meu novo show no dia 8, na cidade de Holambra, interior paulista. Mas a maior parte do tempo deve ficar na casinha dele para onde a mamãe vai voltar cheia de saudades.

Alô Bebê: Você é verdadeiramente apaixonada por carnaval?

Claudia Leitte: Sim. O trio elétrico está para mim como a árvore de Natal está para uma criança.

Alô Bebê: Completado um mês do nascimento de Davi, você apareceu com corpo pós-parto saradíssimo e sem barriga no show da Banda Chiclete com Banana, em Salvador. Qual é o segredo para se recuperar a forma tão rápido assim?

Claudia Leitte: Sabe que até eu me surpreendi com a recuperação. Em meu site recebi milhares de perguntas sobre a minha forma. Não teve nenhum super segredo, teve sim, disciplina. Adotei cuidados durante toda a gestação, corpo e mente. Além disso tudo mantive a alimentação saudável e balanceada. De outro lado, assim que foi possível, retomei os exercícios e as sessões de drenagem linfática, natação e musculação. Acho que o que me ajudou foi a amamentação. Com ela, perdi peso super rápido. Também curti cada momento dessa nova etapa da minha vida. É isso (risos).