Dicas para as crianças usarem as tecnologias

bebes no computador

Atualmente, as crianças têm entrado em contato com a tecnologia cada vez mais cedo. Tablets, Smartphones, notebooks e outras ferramentas andam chamando a atenção da garotada por conta das inúmeras possibilidades que oferecem. O problema é que vivemos em um período de muita insegurança, logo, é função dos pais estar sempre atentos aos conteúdos que seus filhos acessam e com quem conversam na rede.

Conheça algumas dicas para lidar melhor com o uso da internet dos seus filhos:

Orientação nunca é demais

Geralmente, crianças têm mania de achar que sabem de tudo. Na verdade, o processo de uso de computadores e tablets pelos pequenos, é muitos mas intuitivo e fácil se comparado aos adultos. A diferença, é que os pais têm mais experiência e portanto sabem interpretar melhor diferentes situações. Procure sempre orientar os pequenos da melhor forma possível sobre os riscos da internet e as companhias maliciosas que podem surgir.

Fique por dentro da tecnologia

Orientar seu filho é seu dever, mas para isso, é preciso entender do que eles estão falando. Se você não sabe usar ao certo tablets ou smartphones, vai ser difícil ajudar a criança. A sugestão aqui, é estar sempre ligado às novidades e com vontade de aprender.

Descubra os interesses do seu filho

Mais do que usar a tecnologia como um passatempo, procure descobrir quais os interesses do seu pequeno para vocês fazerem juntos. Além de você estar sempre ciente do que ele está acessando, é uma ótima forma de estreitar o relacionamento entre pais e filhos.

O ambiente virtual é tão real quanto o presencial

Não podemos esquecer, que do outro lado da tela, o amigo virtual do seu filho realmente existe. Sendo assim, confirme se seus filhos estão falando com outras crianças ou adultos e qual tipo de conteúdo compartilham.

Permitir o acesso é diferente de dar autonomia

Autonomia não tem só a ver com idade. Portanto, é você quem vai decidir quando seu filho estará maduro o suficiente para lidar com o universo virtual. Antes disso, faça uma avaliação do que pode representar perigo e o que você autoriza que eles explorem com tranquilidade.

Esteja atento ao tempo de uso da internet

Fique atento ao tempo que seu filho passa conectado. A internet é ótima para o estudo e interação, mas seu uso excessivo pode atrapalhar a criança na realização de outras atividades.