Higiene do bebê: 9 produtos que você precisa ter

 

A higiene é um dos assuntos mais importantes para a saúde e o bem-estar dos bebês, mas ainda causa muitas dúvidas em relação aos melhores produtos. Pensando nesse dilema, preparamos para as mamães uma lista de itens que podem ser encontrados em lojas infantis, nos mercados e nas farmácias:

1. Água morna

Manter uma garrafa térmica com água morna será um verdadeiro coringa para a higiene do bebê.

Você irá usá-la principalmente durante a troca de fraldas, evitando os lenços umedecidos que podem irritar e causar alergias no pequeno. Basta embeber um pedaço de algodão na água e, caso as fezes estejam grudadas na pele, usar um pouco de sabonete neutro para a completa retirada.

Essa água também pode ser usada para limpar as mãozinhas e a boquinha dos pequenos logo após a alimentação e, eventualmente, uma parte da roupa que acabou de sujar.

2. Aspirador nasal

Como o bebê não sabe como assoar o nariz, quando ele está gripado ou resfriado, a mamãe precisa ajudá-lo a aliviar esse incômodo. Conte com o aspirador nasal para isso, realizando a limpeza periódica da região.

Apesar da variedade no mercado, todos funcionam da mesma forma, mas nem todas as mamães sabem usá-lo corretamente. Primeiro, é preciso remover o ar do bulbo. Em seguida, pingue um pouco de soro na narina da criança e introduza a ponta do aspirador levemente. Solte o bulbo para que a sucção aconteça.

Sempre respeite a faixa etária para qual o produto é direcionada. Após o uso, faça a lavagem do aspirador com água e sabão.

3. Cortador ou tesoura de unha

As unhas do bebê crescem mais do que você imagina e, se não estiverem sempre aparadas, elas vão arranhar e machucar o bebê e as pessoas ao redor. Por isso a necessidade de um kit manicure.

Teste a opção do cortador e da tesoura para verificar com qual você se adapta melhor. O cortador é mais rápido, mas pode ser mais difícil de acertar o corte, enquanto que a tesoura garante a precisão, embora seja complicado de manter o pequeno quieto.

Prefira cortar as unhas do bebê depois do banho, quando elas estarão molinhas e higienizadas.

4. Hastes flexíveis

Item essencial para a higienização do coto umbilical e do ouvido do pequeno, as hastes flexíveis também podem ser muito úteis para a limpeza de pequenos machucados nas crianças.

Em relação à limpeza do ouvido, jamais introduza as hastes dentro do conduto auditivo do bebê (a parte interna da orelha, que você não enxerga). Elas removem por completo a cera, o que não é recomendado, e podem causar traumatismo.

5. Hidratante

A pele do bebê é muito delicada e merece cuidados especiais. Investir em um bom hidratante, usado logo após o banho ou durante uma massagem, vai deixá-la saudável ao longo de seu crescimento e repor a água perdida no dia.

O cosmético utilizado jamais pode ser o mesmo que a mamãe, pois os produtos adultos têm aditivos que podem irritar a pele sensível das crianças.

O ideal é comprar um hidratante específico para bebês. Esse tipo de produto já é hipoalergênico, contém menos corantes e perfumes e podem ser usados por crianças de todas as idades em todas as partes externas do corpo.

6. Luva ou escova dental

Antes mesmo dos primeiros dentinhos aparecerem, já é preciso limpar a boca, a língua e a parte interna das bochechas do bebê. A forma mais adequada de fazer isso é umedecendo uma luva própria para limpeza, de preferência uma bem divertida para entreter o seu filho.

Conforme os dentes crescem, mude para a escova de dentes e o creme dental exclusivo para o público infantil. Mais uma vez, opte pelos itens divertidos e deixe a criança se familiarizar com a escova para que o momento se torne menos desconfortável para ela.

7. Pomada para assadura

É obrigatória para combater as assaduras nos bebês, que surgem devido ao atrito e à umidade da fralda na região genital da criança, ou devido ao excesso de dobrinhas pelo corpo.

Na hora de escolher a melhor para o seu bebê, se atente à composição. Ela deve conter óxido de zinco, vitaminas A e D, lanolina, calêndula e óleos, tradicionalmente utilizados para aliviar a vermelhidão, o inchaço e a ardência.

A textura é outro fator importante, pois algumas pomadas podem ser mais difíceis de serem absorvidas pela pele e retiradas. Entretanto, se ela tiver uma boa eficiência no bumbum do pequeno, continue utilizando normalmente.

8. Sabonete

O sabonete será usado principalmente para o banho do bebê. O objetivo é remover as impurezas e hidratar a pele do bebê, não sendo usado para deixar o pequeno cheiroso.

O produto utilizado deve ser escolhido muito bem. Ele deve ter pH neutro, em torno de 5,5 (essa informação está contida no rótulo) e, de preferência, ser líquido, pois as opções em barra acumulam bactérias e fungo.

Cuidado com os produtos perfumados, coloridos e antibacterianos. Eles não são indicados para a pele sensível do bebê.

9. Shampoo

Além de limpar os fios e o couro cabeludo, o shampoo vai garantir que os cabelos dos bebês fiquem hidratados, brilhantes e saudáveis.

O shampoo infantil possui algumas normas, determinadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para evitar irritações na pele e nas mucosas e problemas de saúde nos pequenos.

Só adquira shampoos desenvolvidos especialmente para as crianças, hipoalergênico e feitos com o máximo de produtos naturais possível. Na dúvida, olhe a embalagem: ela deve possuir o código da Anvisa, iniciado por MS ou ANVS.

Aproveite e conheça as diferentes opções de banheira para bebê, para um banho seguro e confortável!