Mitos e verdades da gestação

A gravidez é uma fase maravilhosa na vida de uma mulher, porém também é um período cheio de dúvidas quanto a sua saúde, a saúde do seu bebê, seu bem-estar, cuidados com a beleza etc.

E é durante a gestação que a futura mamãe ouve diversos conselhos das pessoas mais próximas e também diversos mitos que aos olhos dela se transformam em verdade.

Um dos principais mitos é o do desejo. Se a mulher tiver desejo em comer uma fruta, por exemplo, e não comê-la, seu filho nascerá com a cara da fruta. Nada mais do que mito. O desejo de comer alguns alimentos é apenas uma defesa do organismo contra os enjoos.

Outra crendice que também é um mito é o formato da barriga. Se a barriga da futura mamãe for pontuda, ela provavelmente terá um menino, no entanto, isso não é comprovado cientificamente.

O formato da barriga é definido pela posição do feto no útero e pela prensa abdominal da mulher, não pelo sexo do bebê. Apenas o exame de ultrassom, por volta da 20ª semana, pode indicar se é menino ou menina.

Porém, nem tudo o que dizem é mito. Algumas verdades também podem ser encontradas nestas crendices populares. Uma delas é o calor excessivo que a futura mamãe sente durante a gravidez.

Esse calor se dá devido à aceleração do metabolismo por conta da gestação, deixando a mulher com mais calor e podendo suar mais do que normalmente.

As manchas na pele não são mito, infelizmente. Se exposta ao sol frequentemente e sem proteção, a pele da futura mamãe pode ficar manchada, sim. Isso acontece por causa do aumento da produção de melanina, por isso não deixe de usar protetor solar.

Cuidar da saúde e do bem-estar durante a gravidez nunca é demais e, como hoje, dia 15 de agosto, é o dia da gestante, nada melhor do comemorar esse lindo dia cuidando de você e do seu bebê.

Na dúvida se é mito ou verdade, vá ao seu médico e tire todas as suas dúvidas para ter uma gestação mais tranquila e saudável.