O papel do pai na amamentação


 

Veja os  passos para a participação do pai na amamentação:

  1. O pai deve encorajar e incentivar a mulher a amamentar
    Por vezes, ela pode estar insegura de sua capacidade para o aleitamento. O apoio do pai será fundamental nessas horas.

  2. Divida e compartilhe as mamas de sua mulher com o bebê
    Mesmo que seja difícil aceitar, lembre-se que a amamentação é um período passageiro. Dê prioridade a seu filho(a).

  3. Sempre que possível, o pai deve participar do momento da amamentação
    A presença do pai, as carícias e toques durante o ato de amamentar são fatores importantes para a manutenção do vínculo afetivo do trinômio mãe + filho + pai.

  4. O pai deve ser paciente e compreensivo no período da amamentação
    No período de amamentação é pouco provável que sua mulher possa manter a casa, as refeições e se arrumar de forma impecável. As necessidades do recém-nascido são prioritárias nessa fase.

  5. O pai deve sentir-se útil durante o período da amamentação
    O pai pode cooperar nas tarefas do bebê na medida do possível: trocar fraldas, ajudar no banho, vestir, embalar etc. Quando ela estiver dando de mamar, leve um copo de suco de frutas e/ou água, ela vai adorar!

  6. Mantenha-se sereno
    Embora o aleitamento traga muitas alegrias, também traz muitas dificuldades e cansaço. Às vezes sua mulher pode ficar impaciente. Mostre carinho e compreensão nesse momento. Evite brigas desnecessárias para não prejudicar psicologicamente a descida do leite.

  7. No período da amamentação o pai pode procurar ocupar-se mais dos outros filhos (se tiver)
    Para que não se sintam rejeitados com a chegada do novo irmão. Isso permitirá a sua mulher dedicar-se mais ao recém-nascido.

  8. Mantenha o hábito de acariciar os seios de sua mulher
    Se você costumava fazê-lo. Estudos demonstram que quanto mais uma mulher é sensível às carícias do companheiro, mais reagirá à estimulação rítmica de seu bebê.

  9. Fique atento às variações do apetite sexual de sua mulher
    Algumas reagem para mais, outras para menos; são alterações normais. Esta é uma ocasião para o casal vivenciar novas experiências e hábitos sexuais, adaptando-se ao momento.

Para mais informações, acesse o site www.aleitamento.com