Por que escolher o parto normal?

Escolher o tipo de parto não é fácil, muitas mulheres ficam com dúvidas entre parto normal e cesariana. Por medo ou comodidade acabam optando pela cirurgia, pois há um mito que o parto normal é mais dolorido.

O parto normal é melhor forma para ter seu bebê, e também a mais natural. Hoje em dia já é possível ter um parto normal sem dor (ou com uma dor suportável), por meio de anestesia epidural, controle da respiração, confiança na equipe médica, presença dos familiares, massagens e outros métodos pré partos como: caminhada, banho de imersão e acupuntura.

O parto normal traz inúmeros benefícios para as mamães e para os bebês. Confira algumas vantagens:

Vantagens do parto normal para o bebê

- Diminuição no desconforto respiratório, pois ao passar pelo canal vaginal o tórax do bebê é comprimido. E isso faz com que o líquido de dentro dos pulmões sejam expelidos com mais facilidade;

- O bebê se beneficia com os hormônios que o corpo da mulher produz, deixando-o mais ativo e responsivo ao nascer;

- Durante a passagem pelo canal vaginal, o corpo do bebê é massageado. Fazendo com que ele não estranhe tanto o toque quando nascer;

- Ao nascer, o bebê pode ser colocado direto em cima da mãe, fazendo os dois se acalmarem;

- Após limpo e vestido, pode permanecer o tempo todo com a mamãe (se ambos estiverem saudáveis), pois não precisa de observação.

Vantagens para as mamães

- Menor risco de infecção;

- Recuperação mais rápida;

- Favorece a produção de leite materno;

- Estreita os laços sentimentais com o bebê;

- Mais econômico;

- Menor tempo de internamento hospitalar;

- Melhor recuperação pós-parto;

- O útero volta ao seu tamanho normal mais rapidamente;

- A cada parto normal, o tempo de trabalho de parto fica mais curto.

Muitas famosas optaram pelo parto normal, entre elas: Gisele Bündchen, Kate Middleton, Fernanda Lima, Daniele Suzuki, Juliana Knust, Luciana Gimenez, Scheila Mello, Wanessa Camargo e outras. Durante o pré-natal converse bastante com o seu médico. Tire dúvidas, os prós e os contras e decida se é possível receber seu bebê naturalmente.