Grazi Massafera - uma mãe estrelada

A modelo e atriz Grazi Massafera é mamãe de primeira viagem. Ganhou sua linda Sofia, fruto de sua união com o ator Cauã Reymond, que nasceu em 23 de maio de 2012. A pequena veio ao mundo de parto cesariana e com ótima saúde, pesando 4,135 kg e com 50 cm.

Desde o início da gravidez, anunciada em outubro, a atriz é só felicidade. Para se dedicar à reta final da gestação, deixou, no meio da trama, o elenco da novela “Aquele Beijo”, na qual interpretava a personagem Lucena.

Durante os nove meses, Grazi engordou 18 kg e ficou ainda mais comilona. “Nesse momento de doação não dá para ficar se privando”, explica a mamãe, que adorava comer pizza e muitos doces, mas, mesmo assim, não abandonou as aulas de ioga, pilates e as caminhadas pela orla da cidade do Rio de Janeiro.

Sofia tem um belo par de olhos verdes como o da mamãe Grazi, que já está em plena forma e já faz planos de ter mais dois filhos logo, logo. Em dezembro, a mamãe famosa voltou ao set de gravações e agora enfrenta um dos maiores desafios da maternidade, o de deixar a pequena em casa. “Dá uma dor no coração, mas, logo que vejo a Sofia, mato a saudade”, conta a protagonista da próxima novela das seis, “Flor do Caribe”, prevista para estrear em março na Rede Globo

Alô Bebê: Ser mãe te assustou de alguma forma?

Grazi Massafera: Eu cuidei do meu irmão e já fui babá. Para mim, o mais difícil foi colocar uma pessoa que eu ainda não conhecia para cuidar do bebê. Meu marido estava trabalhando, e a minha mãe mora no Paraná. Ela só ficou um tempo comigo e depois precisou ir embora. Por isso, contratei a Valéria. Enquanto ela cuida da Sofia, consigo relaxar um pouco. Se bem que a gente não relaxa depois de ter filho, mas é a coisa mais gostosa do mundo.

Alô Bebê: Tem valores da sua infância que pretende passar para a sua filha?

Grazi Massafera: Eu tive uma infância muito lúdica, quero que Sofia acredite em coelhinho da Páscoa e em Papai Noel, é triste ver as crianças crescerem sem sonhos e ilusões.

Alô Bebê: Como é a Sofia?

Grazi Massafera: É tão calminha, é uma encomenda para mim. Tenho até medo de falar, e ela desandar (risos). Ela dorme bem e há pouco tempo tem usado chupeta. Já está interagindo bastante com a gente.

Alô Bebê: E a amamentação? Tirou de letra ou teve alguma dificuldade?

Grazi Massafera: É difícil, dói no começo, mas depois passa e é a coisa mais maravilhosa do mundo. Eu acho que toda mãe deveria sair do hospital entendendo quais são os benefícios da amamentação.

Alô Bebê: Como é o Cauã como pai?

Grazi Massafera: Ele ajuda bastante, dentro das possibilidades. Nos primeiros dias, Cauã trocava fraldas e dava banho. Isso é bom, porque também fortalece nossa relação como casal.

Alô Bebê: Você já foi fotografada passeando com a Sofia. O assédio te incomoda?

Grazi Massafera: Tanto eu quanto o Cauã somos pessoas públicas. Ela não é, mas, por consequência, acaba sendo. A gente não esconde, e também não expõe. Quero deixar as coisas acontecerem naturalmente. Não quero privá-la de sair comigo por causa de uma foto, por exemplo.